quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

ROCAM prende foragidos da justiça com arma, carro roubado e documentos falsos na zona oeste de Natal

Ceará, Daniel e Thayná
Hoje o dia não foi muito bom para três pecinhas que caíram nas garras da Policia, isso tudo porque durante um patrulhamento de rotina na zona oeste da capital potiguar policiais militares da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (ROCAM) foram informados por alguns populares da cidade da esperança que pela região rondava um veículo tipo Peugeot 207 de cor prata e placas MYW-7873 em atitude suspeita com cerca de 4 a 5 pessoas.

A VTR ROCAM-04 saiu em diligencia a procurar dos acusados no suposto veículo e os avistaram na Rua Areias no mesmo bairro. O veiculo estava parado e um dos suspeitos fora em atitude suspeita.

Ao avistarem a chegada da ROCAM o meliante entrou no veículo e saiu em disparada. Houve perseguição e já na esquina com a Av. Campina Grande a VTR consegui ultrapassar o Peugeot e o trancou se utilizando de direção ofensiva e todos foram abordados.

Posição que a VTR conseguiu trancar e abordar os acusados
Os suspeitos foram identificados como sendo Thayane Thayná Silva de França, 19 anos, Daniel Alves de Lima, 26 anos e Antônio Gilvan dos Santos, 28 anos, identificado na hora pelo Sd Nizário que o conhecia pelo vulgo de "Ceará" ou "Quixadá" quando o mesmo era interno no Presídio Estadual de Parnamirim (PEP).

Ceará ainda tentou enganar os Rocanianos lhes entregando uma identidade falsa com o nome de João Rocha Lima Filho, mas quando viu que a casa tinha realmente caído, abril o jogo.

Alguns dos materiais apreendidos com o trio
Ceará era foragido da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, quando consegui fugir em Agosto do ano passado juntamente com mais 07 presos.  Com ele também foi encontrado um revolver calibre 38 com capacidade para seis (06) tiros, todo municiado e som uma das munições picotadas, o que leva a crer que o mesmo ainda tentou atirar nos policiais, mais não obteve exito.

Daniel também confessou ser foragido do Complexo Penal Dr. João Chaves (CPJC) quando deixou de ir cumprir seu regime semi aberto, ele é quem dirigia o veículo que após G1, confirmou que contra ele constava uma queixa de furto e roubo do ultimo dia 19 de Janeiro.

Daniel ainda foi reconhecido por várias vitimas de assaltos de veículos que foram a DP de Plantão com seus boletins de ocorrências em mãos.

Thayná que falou que só estava pegando uma carona com os acusados foi encontrado com um óculos na cabeça que ele jurava que era dela, mas quando chegou na DP confirmou-se que o objeto pertencia a uma das vitimas o que levou o delegado Pedro Paulo Falcão a altuala pelo crime de Receptação de produtos roubado.

Dentro da carteira de cédulas do Ceará além da identidade falsa, foram encontrados vários cartões de crédito e documentos das vítimas dos assaltos.

Contra os três recaíaram as acusações de Porte ilegal de arma de fogo, assalto a mão armada, receptação de produtos roubados e falsidade ideológica.
←  Postagem mais recente Postagem mais antiga  → Página inicial

0 comentários :

Rádio Guerreiros do RN

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=