quarta-feira, 2 de março de 2011

Falta policiamento na cidade de Pau dos Ferros segundo Ministério Público

Promotora de Justiça Patrícia Antunes
“É fato público e notório a deficiência da quantidade de policiais militares nas unidades militares do municípios que integram a Comarca de Pau dos Ferros, o que vem a ser corroborado pelos altos índices de criminalidade, principalmente em determinados bairros, comprovados pelo inúmeros inquéritos policiais e ações penais, notadamente por crimes contra o patrimônio e de tráfico de drogas, que ocorrem diariamente nesta cidade"”.

Com essa afirmação a Promotora de Justiça Patrícia Antunes Martins alerta para o grave problema de segurança pública na região, os quais poderiam ser reduzidos com um trabalho ostensivo, eficiente e preventivo da polícia militar.

Para tentar identificar as causas e apontar soluções ela instaurou um inquérito civil que pretende colher informações sobre o reduzido número de policiais militares lotados no 7º Batalhão de Polícia Militar. O pouco efetivo tem impossibilitado o funcionamento das quatro guaritas do Complexo Penal de Pau dos Ferros, situação esta que tem prejudicado a segurança dos apenados, dos profissionais que trabalham no estabelecimento penal e dos moradores das proximidades.

“Em alguns destacamentos policiais da comarca, quando se faz necessária rondas e diligências por parte dos policiais militares, o destacamento policial fica fechado, mesmo com a existência de presos em seu interior”, lembra Patrícia Antunes.

Ela fixou o prazo de dez dias para que o Comando Geral da Polícia Militar prestes os seguintes esclarecimentos: o número de efetivo da Polícia Militar vinculado ao 7º BPM de Pau dos Ferros com atuação nos Municípios da Comarca de Pau dos Ferros com os respectivos nomes e patentes, relacionados por unidade de lotação (destacamento, pelotão).

Também a relação dos policiais militares lotados no 7º BPM cedidos a outros órgãos, indicando quais são esse órgãos; cópia de norma estadual ou diretriz, porventura existente, a respeito do número mínimo de policiais militares de acordo com o tipo de unidade militar ) ou quantidade populacional; o número total do atual efetivo da Polícia Militar do RN e sua distribuição, em números, nos Municípios; e relação dos policiais militares lotados no 7º Batalhão de Polícia Militar afastados por licença médica.

Entre outras diligências iniciais a Promotora de Justiça solicitou aos responsáveis pelas unidades militares das cidades de Pau dos Ferros, Riacho de Santana, Francisco Dantas, São Francisco do Oeste, Rafael Fernandes, Água Nova e Encanto, no prazo de dez dias, informações sobre o número total de ocorrências encaminhadas pela Polícia Militar e à Polícia Civil, nos últimos doze meses (mês a mês), bem como o número de policiais militares lotados nos respectivos destacamentos.

Fonte: Nominuto
←  Postagem mais recente Postagem mais antiga  → Página inicial

0 comentários :

Rádio Guerreiros do RN

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=